terça-feira, 2 de outubro de 2012

Geleia de uva preta

Semana passada fui colher uva com minha linda e querida amiga Naida e foi uma experiência belíssima!
O contato com a natureza e a presença alegre da minha amiga renovou as minhas energias!
Colhemos uvas preta, chamadas Montepulciano, que são próprias para fazer vinho e geleias e comi várias, pois eram muito doces e não tem preço comê-las apenas colhidas:-)
Fiz uma deliciosa geleia com uvas apenas colhidas! A quantidade de açúcar utilizada é pouca, o que torna a receita ainda mais saudável! É simplesmente deliciosa e vale experimentar!


GELEIA DE UVA PRETA

Ingredientes (para uns 3 vidros de 500 gr cada):
5 kg de uva preta (essa uva chama-se Motepulciano e geralmente é usada para fazer vinho, mas parece com as uvas vendidas no Brasil na época do natal)
300 gr de açúcar (usa-se pouco, porquê a uva usada é muito doce. Acrescente mais açúcar se a uva que você usar não for muito doce)

Modo de preparo:
Lave bem os cachos de uva, depois tire os cabinhos.
Coloque as uvas em uma panela de fundo grosso e cozinhe em fogo médio, mexendo as vezes com uma colher de pau, até que apertando uma uva com os dedos ela esmague completamente.

Tire do fogo e deixe esfriar.

Passe as uvas por uma peneira (não muito fina) e com a mão faça movimentos circulares para ajudar a peneirar. Jogue fora as semente e alguma casca que ficar na peneira.

Coloque o composto peneirado novamente na panela, acrescente o açúcar,  leve ao fogo baixo e cozinhe, mexendo de vez em quando.
Para saber se a densidade da geleia é no ponto certo, com a colher de pau pegue uma colherada de geleia, coloque sobre um prato e deixe esfriar um pouco, pois quando esfria pode-se ver a verdadeira consistência do doce (ficará pronta após 1 h, depende da qualidade da uva).

Quando a geleia adquirir a consistência desejada, retire do fogo, coloque em vidros esterilizados, feche-os imediatamente, coloque-os de cabeça para baixo e deixe esfriar (o calor fechará o vidro hermeticamente).
Pode-se conservar por mais de 1 ano em um local fresco. Após abrir o vidro conserve-o na geladeira.

33 comentários:

  1. L'esperienza della vendemmia, essendo Toscana, l'ho fatta più di una volta ma è il lavoro più faticoso del mondo. Se c'è il sole, ti cuoci come un uovo, se piove ti porti dietro chili e chili di fango. Però non c'è momento più sano ed esaltante se ami la natura. Stupende le tue foto e vorrei un cucchiaino di quella confettura. Un abbraccio, Pat

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara Patty
      E' stata la prima volta che ho raccolto l'uva e devo dire che mi sono cotta come un uovo - hehehehe!
      Veramente é una esperienza bellissima!
      Un abbraccio

      Excluir
  2. São experiências inesquecíveis que nos enriquecem. Aposto que adorás-te e vais tirar muito proveito da experiência. Também já andei em vindima, quando era mais pequena, mas mesmo assim guardo muitas imagens disso.
    Gostei muito do teu doce, mas leva tão pouco açúcar! Será que aguenta muito tempo sem ser consumido?! Desculpa o reparo, mas fiquei curiosa :9

    Beijinhos linda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Susana
      Vai pouco açúcar, pois esse tipo de uva é muito doce!
      Se conservada direitinho em vidro esterilizado e em lugar fresco - aguenta sim:)
      Bjim

      Excluir
  3. Olá Léia,
    Conheço essa experiência desde menininha e sempre fará parte de meus momentos felizes.
    A geleia está divina, a cor maravilhosa, também sou apologista de saborear as geleias com sabor da fruta.
    Beijo,
    Vânia

    ResponderExcluir
  4. Que maravilha de cor, está tão bonita!

    ResponderExcluir
  5. Leia que geleia maravilhosa, vou procurar as uvas e fazer, depois te conto.
    bjo

    ResponderExcluir
  6. Está lindíssima a tua geleia - obrigada pela partilha, já sei que fazer com as uvinhas a mais lá em casa :)

    ResponderExcluir
  7. Olá Leia
    Que maramelada fantástica!!
    Ficou com uma cor e textura maravilhosas, como tudo o que fazes ;)
    Beijinho

    ResponderExcluir
  8. Ainda na semana que passou tinha andado à procura de receitas de Compota de Uvas e eis que hoje nos ofereces esta tão especial. Também tinha reparado que esta geléia leva sempre menos açúcar que o habitual. O que mais gostei foi de levar tão pouco açúcar, por isso ser mais "light".
    Achei imensa graça ao alguidar com a pega para apanhar as uvas. Aqui em Portugal nunca tinha visto, foi a 1ª vez! Boa semana. Bjs. Bombom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bombonzinha, essa foi uma experiência singular!
      Mil bjos

      Excluir
  9. Querida Léia,
    há lá coisa melhor que uns dias no campo, em contacto com a natureza e amigas? Renova energias e faz-nos felizes :) Devem ter sido dias muito bem passados.
    E essa geleia, que coisa boa. Essa cor fabulosa, a consistência, deve ser uma maravilha de sabor. Muito bom amiga.
    Um beijinho e boa semana.

    ResponderExcluir
  10. Ai minha amiga, que delícia de passeio...posso imaginar! Maravilha poder colher as uvas direto da parreira e com elas poder fazer o que bem entendermos...rsss
    Adorei a foto, sinto você feliz, e isso me faz muito bem!

    A geleia ficou divina, claro!

    Sinta-se abraçada,
    Com carinho,
    Renata

    ResponderExcluir
  11. Amiga,
    que maravilha colher uvas fresquinhas e fazer uma deliciosa
    geleia melhor ainda!
    Tudo perfeito, vc arrasa sempre!

    Beijinhos, fica com Deus!

    ResponderExcluir
  12. Minha doce Léia
    Que coisa boa essa experiência, é inesquecível a sensação de comer a fruta colhida diretamente.Seu sabor é demais e são tão docinhas....que delicia!!!
    Adoro geléias de frutas feitas em casa, o sabor é outro, além de podermos dosar o açúcar, e nada como sentir o gostinho da fruta mais in natura. Esta geléia está com textura,cor e brilho impecáveis, deliciosa como tudo que vc faz.Beijinhos da Gina

    ResponderExcluir
  13. Pois eu acho que é aí mesmo que fica o tal lugar que perguntei lá no blog noutro dia e que você afirmou ser. Olha que delícia de dia passado com uma amiga! Colhendo uvas diretamente da parreira, quer coisa melhor!?
    Minha linda e doce Léinha, fico muito feliz por você ter encontrado esta amiga para passar boas horas juntas, isso é realmente uma dádiva divina.
    Imagino você na sua cozinha de gavetas vermelhas, colocando esses ingredientes naquela super máquina que me mostrou aí e que eu nunca vi por aqui. Senti até o gostinho doce desta maravilhosa uva.
    um grande abraço, carioca



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beth, minha amiga querida
      Realmente esse lugar é um daqueles mágicos, como descrito no teu blog, onde gostaria de passar a vida inteira!
      Hehehehe! Essa super máquina é a minha grande companheira:)
      Mil bjos

      Excluir
  14. Oi Léia minha querida, que experiência rica e emocionante, terminada com essa maravilha de geléia, fiquei aqui morrendo de vontade de colher e de comer, rsrs.Parabéns e boa sorte com sua participação querida.Beijos e que Deus te proteja sempre.

    ResponderExcluir
  15. Que delicia Léia, esse contato com a natureza ao lado das pessoas queridas, poder saborear frutos no pé é uma benção, e o melhor fazer delas essa linda geléia, deve ser bem docinha e que linda ficou. Linda participação, e fotos. Beijinhos

    ResponderExcluir
  16. nunca fiz com uvas mas gostei muito da sua ,ficou linda e certamente uma delicia.
    bjs

    ResponderExcluir
  17. Léia, linda, colhendo uvas!!!

    Agora fiquei com saudades da parreira da minha avozinha, que também era de uvas bem pretinhas e docinhas....quantas geléias minha mãe fazia então...

    Ai...outros tempos...infância...

    Amo suas fotos, quase que mordi seu pão com geleia...rsrsrsrs

    beijinhos,

    Lígia e turminha :)))

    ResponderExcluir
  18. Maravilhosa e certamente deliciosa!Léia a experiência de colher essas belezuras no pé deve ser incrível, adorei as fotos!
    Uma linda quinta-feira pra vc!!

    ResponderExcluir
  19. Deve ter sido uma experiencia fantastica...apanhar as uvas e depois dar-lhes utilidade. A tua sugestao para compota agradou-me imenso.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  20. É uma delícia colher frutas direto do pé! Na casa dos meus sogros tem uma uma amoreira, quando está na época fico um tempão lá comendo e com os dedos roxos depois, rs.
    Nunca provei geleia de uva, nem dessas industrializadas, e tenho certeza que a sua ficou espetacular!
    beijos

    ResponderExcluir
  21. Querida!
    Coloquei um post que ficará apenas mais um dia e na verdade é um convite para participar de uma brincadeira no dia das crianças. Envie uma foto sua quando criança para participar da brincadeira. O email está lá no post, confira, ok.
    Aguardo a tua fotinha, pode ser em preto e branco, inclusive, ok.
    beijocas cariocas

    ResponderExcluir
  22. Fiz semana passada, mas não era uva montepulciano. Acabou.

    :)

    ResponderExcluir
  23. Querida Léia,

    Uma geléia com uma cor estupenda, apetecível... essa tosta faria as minhas delicias ! :-)

    Adorei vê-la, amiga !

    beijinhos

    ResponderExcluir
  24. Léia querida! que postagem maravilhosa, me deu água na boca...só imagino o perfume das uvas...que maravilha! com certeza, o sabor da geléia deve ter ficado demais! beijos e bom domingo...

    ResponderExcluir
  25. Maravilha...adorei! Linda postagem!
    Desejos de uma ótima semana com boas energias e paz!
    Beijos
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  26. Que lindas fotos e adorei essa receita..Comi muito dela lá na Itália, nos parentes!! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  27. Querida Léia.
    Saudades.......e por causa dela, passo sempre por aquí para te ver colher as uvas. Beijinhos da Gina

    ResponderExcluir
  28. Hmm que delícia!
    Muita coincidência, fiz há duas semanas geleia de uva isabela, pois é a que mais gosto. Uso a mesma receita, só que um pouco mais de açúcar.
    Acho engraçado que aqui tenha tanto vinho, mas não suco e geleia!
    Bj,
    Marília

    ResponderExcluir

Comentários, dúvidas e críticas são muito bem vindos, embora os de conteúdo ofensivos e inapropriados não serão publicados!
Obrigada:-)